Novembro Azul

Estimam-se mais de 65 mil novos casos de câncer de próstata no Brasil em 2020.

A iniciativa de designar o mês de novembro para a conscientização da população masculina sobre a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata teve início em 2003, na Austrália, e logo se espalhou, com campanhas por todo o mundo. Além disso, as ações durante o mês também buscam estimular os hábitos masculinos em ter mais atenção à saúde como um todo¹.

Câncer de próstata

A próstata é uma glândula localizada abaixo da bexiga, na frente do reto, e que envolve a parte superior da uretra, por onde passa a urina². É parte do sistema reprodutor masculino que produz um líquido para transportar os espermatozoides, produzidos nos testículos e levados até a vesícula seminal. Em conjunto com as secreções das vesículas seminais e das glândulas periuretrais formam o sêmen, expelido durante a ejaculação³. Quando ocorre malignização das células da próstata, elas se multiplicam de forma descontrolada, formando tumores cancerígenos².

O câncer da próstata é um dos tumores malignos mais comuns em homens, depois do câncer de pele. Estima-se que um a cada seis homens desenvolverão a doença durante a vida, especialmente os adultos acima de 50 anos, já que ela está relacionada com o envelhecimento masculino³. Dessa forma, é indicado que todo homem a partir dessa idade faça consultas regularmente e realizem o exame de toque retal, que indica alterações na glândula (endurecimento ou nódulos), além de um exame de sangue, a dosagem do PSA. Pacientes com histórico familiar de câncer de próstata e obesidade são fatores de risco para o desenvolvimento da doença².

No estágio inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas. Entretanto, conforme seu avanço, vão aparecendo alguns sinais como a vontade frequente de urinar (embora com mais dificuldade), acompanhando de dores; presença de sangue na urina, inchaços nas pernas e no escroto, entre outros²,³. O tratamento é indicado individualmente, conforme o estágio da doença e as condições clínicas da pessoa, e podem ser combinados ou não. O principal é por meio da cirurgia, acompanhada de radioterapia ou tratamento hormonal. Em outros casos, radioterapia, quimioterapia ou drogas orais².

Para mais informações sobre o movimento Novembro Azul, clique aqui (em português).

Fontes:
1- No Novembro Azul, INCA e Ministério da Saúde alertam para a saúde do homem – INCA. Disponível em: https://www.inca.gov.br/noticias/no-novembro-azul-inca-e-ministerio-da-saude-alertam-para-saude-do-homem. Último acesso em 28 de outubro de 2020.
2- Câncer de próstata: causas, sintomas, tratamentos, diagnóstico e prevenção – Ministério da Saúde Brasil. Disponível em: http://antigo.saude.gov.br/saude-de-a-z/cancer-de-prostata. Último acesso em 28 de outubro de 2020.
3- 10 perguntas sobre o câncer de próstata – Sociedade Brasileira de Urologia. Disponível em: https://portaldaurologia.org.br/publico/faq/10-perguntas-sobre-o-cancer-de-prostata/. Último acesso 27 de outubro de 2020.
4- Câncer de próstata. Estatísticas - INCA. Disponível em: https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-de-prostata. Último acesso em 28 de outubro de 2020.