Encontramos 120 resultados
Produtos
hidroxizina, dicloridrato de
O dicloridrato de hidroxizina está indicado para alívio do prurido causado por condições alérgicas da pele, tais como: urticária, dermatite atópica e de contato, e do prurido decorrente de outras doenças sistêmicas.
/produtos/hidroxizina-dicloridrato-de
Ibandronato de sódio monoidratado
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Este medicamento é indicado para o tratamento da osteoporose (enfraquecimento dos ossos) pós-menopausa, com a finalidade de reduzir o risco de fraturas vertebrais.
/produtos/ibandronato-de-sodio-monoidratado
indapamida
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Indapamida é indicado no tratamento da hipertensão arterial essencial.
/produtos/indapamida
irbesartana + hidroclorotiazida
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? A irbesartana + hidroclorotiazida é indicada no tratamento da hipertensão arterial (pressão alta) em pacientes cuja pressão arterial não é controlada adequadamente com o uso de medicação única. Pode ser usado isoladamente ou em associação com outros medicamentos anti-hipertensivos (por exemplo, bloqueadores beta adrenérgicos, bloqueadores dos canais de cálcio de ação prolongada). A irbesartana + hidroclorotiazida também pode ser usada como tratamento inicial nos casos em que a hipertensão é suficientemente grave, de forma que o rápido controle da pressão arterial (dentro de dias ou semanas) é de extrema importância.
/produtos/irbesartana-hidroclorotiazida
itraconazol
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? O itraconazol é um medicamento utilizado no tratamento de infecções fúngicas (micoses) da vagina, pele, boca, olhos, unhas ou órgãos internos. Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes com insuficiência cardíaca. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.
/produtos/itraconazol
lamotrigina
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? A lamotrigina é uma droga antiepilética (DAE), usada no tratamento de crises convulsivas parciais e crises generalizadas. Pode ser instituída como monoterapia (única droga do tratamento) ou em terapia combinada (associada a outras drogas antiepiléticas).
/produtos/lamotrigina
Lamotrigina 100 mg
Anticonvulsivante, como tratamiento combinado de las crisis epilepticas parciales o generalizadas (convulciones tonico clonicas) en pacientes refrectarios a antiepilepticos convencionales. Como monoterapia en el tratamiento de la epilepsia tonico-clonico parcial y/o generalizada de reciente aparicion en pacientes mayores de 12 años. Prevencion de los episodios depresivos en pacientes con trastorno bipolar.
/produtos/lamotrigina-100mg-venezuela
letrozol
- Tratamento adjuvante de mulheres na pós-menopausa com câncer de mama inicial receptor hormonal positivo. - Tratamento adjuvante estendido de câncer de mama inicial em mulheres na pós-menopausa que tenham recebido terapia adjuvante padrão prévia com tamoxifeno por 5 anos. - Tratamento de primeira linha no câncer de mama avançado hormônio dependente em mulheres na pós-menopausa. - Tratamento de câncer de mama avançado em mulheres na pós-menopausa (natural ou artificialmente induzida), que tenham sido tratadas previamente com antiestrogênicos. - Terapia pré-operatória em mulheres na pós-menopausa com câncer de mama localmente avançado receptor hormonal positivo, com a intenção de permitir cirurgia conservadora da mama para aquelas mulheres que não eram originalmente consideradas candidatas a este tipo de cirurgia. O tratamento pós-cirúrgico subsequente deve seguir o tratamento padrão.
/produtos/letrozol
levocetirizina, dicloridrato de
Este medicamento é indicado para tratamento dos sintomas associados às enfermidades alérgicas (alergias), como rinite alérgica sazonal (alergias causadas por pólen de algumas plantas que ocorrem em determinada época do ano, incluindo os sintomas oculares), rinite alérgica perene (alergias causadas por ácaro que podem ocorrer ao longo do ano) e urticária crônica idiopática (inflamação da camada superficial da pele).
/produtos/dicloridrato-de-levocetirizina
levofloxacino 500mg
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Levofloxacino hemi-hidratado é indicado no tratamento de infecções bacterianas causadas por agentes sensíveis ao levofloxacino hemi-hidratado, tais como: - Infecções do trato respiratório superior e inferior, incluindo sinusite, exacerbações agudas de bronquite crônica e pneumonia. - Infecções da pele e tecido subcutâneo, complicadas e não complicadas, tais como impetigo, abscessos, furunculose, celulite e erisipela. - Infecções do trato urinário, incluindo pielonefrite aguda. - Osteomielite
/produtos/levofloxacino
levofloxacino 750mg
O levofloxacino hemi-hidratado 750 mg é indicado para o tratamento de sinusite aguda bacteriana (infecção aguda por bactérias das cavidades aeradas dos ossos da face), pneumonia adquirida na comunidade (pneumonia em pessoas que não estão internadas), infecções do trato urinário (bexiga e canais onde passa a urina) complicadas e pielonefrite aguda (infecção aguda dos rins) causadas por cepas suscetíveis de bactérias, em pacientes com funcionamento normal dos rins.
/produtos/levofloxacino-hemi-hidratado
losartana potássica
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? O seu médico receitou losartana potássica para tratar a sua hipertensão (pressão alta) ou por você ter uma doença conhecida como insuficiência cardíaca (enfraquecimento do coração). Em pacientes com pressão alta e hipertrofia ventricular esquerda, losartana potássica reduziu o risco de derrame (acidente vascular cerebral) e de ataque cardíaco (infarto do miocárdio) e ajudou esses pacientes a viverem mais (vide item 4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO? - Uso em Pacientes de Raça Negra com Pressão Alta e Hipertrofia do Ventrículo Esquerdo). O seu médico também pode ter receitado losartana potássica por você ter diabetes tipo 2 e proteinúria; nesse caso, losartana potássica pode retardar a piora da doença renal.
/produtos/losartana-potassica
losartana potássica + hidroclorotiazida
Seu médico receitou losartana potássica + hidroclorotiazida para tratamento da hipertensão (pressão alta). Em pacientes com pressão alta e espessamento das paredes do ventrículo esquerdo (hipertrofia do ventrículo esquerdo), a losartana, frequentemente em combinação com a hidroclorotiazida, reduz o risco de derrame (acidente vascular cerebral) e de ataque cardíaco (infarto do miocárdio) e ajuda os pacientes a viverem mais (vide itens 3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO? e 4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO? - Uso em pacientes de raça negra com pressão alta e aumento do ventrículo esquerdo).
/produtos/losartana-potassica-hidroclorotiazida
meloxicam (comprimido)
Meloxicam é indicado para o tratamento dos sintomas da artrite reumatoide e osteoartrite (doenças das articulações), aliviando a dor e a inflamação.
/produtos/meloxicam-comprimido
meloxicam (solução injetável)
Meloxicam é indicado para o tratamento dos sintomas da artrite reumatoide e osteoartrite (doenças das articulações), aliviando a dor e a inflamação.
/produtos/meloxicam-injetavel
memantina, cloridrato de
PARA QUÊ ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? O cloridrato de memantina é indicado para o tratamento da doença de Alzheimer moderada a grave.
/produtos/cloridrato-de-memantina
montelucaste de sódio
O montelucaste de sódio é indicado para o tratamento de: • Asma, incluindo a prevenção dos sintomas de asma durante o dia e a noite. O montelucaste de sódio também previne o estreitamento das vias aéreas causado pelo exercício; • Rinite alérgica, incluindo sintomas diurnos e noturnos como congestão nasal, coriza, coceira nasal e espirros; congestão nasal ao despertar, dificuldade de dormir e despertares noturnos; lacrimejamento, coceira, vermelhidão e inchaço dos olhos.
/produtos/montelucaste-de-sodio
nimesulida
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Este medicamento é destinado ao tratamento de uma variedade de condições que requeiram atividade anti-inflamatória (contra a inflamação), analgésica (contra a dor) e antipirética (contra a febre).
/produtos/nimesulida-comprimido
nitazoxanida
A nitazoxanida é indicada no tratamento das seguintes infecções:  Gastroenterites virais provocadas por rotavírus e norovírus;  Helmintíases provocadas por nematódeos, cestódeos e trematódeos, como: Enterobius vermicularis, Ascaris lumbricoides, Strongyloides stercolaris, Ancylostoma duodenale, Necator americanus, Trichuris trichiura, Taenia spp. e Hymenolepis nana;  Amebíase, para tratamento da diarreia por amebíase intestinal aguda ou disenteria amebiana causada pelo complexo Entamoeba histolytica/díspar;  Giardíase, para tratamento da diarreia causada por Giardia lamblia ou Giardia intestinalis;  Criptosporidíase, para tratamento da diarreia causada por Cryptosporidium parvum;  Blastocistose, balantidíase e isosporíase, causadas, respectivamente, por Blastocistis hominis, Balantidium coli e Isospora belli.
/produtos/nitazoxanida
noretisterona, enantato de + valerato de estradiol
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? O enantato de noretisterona + valerato de estradiol é indicado para prevenir a gravidez. Os contraceptivos hormonais injetáveis são um método muito eficaz de controle de natalidade. Quando utilizados corretamente (sem atraso ou esquecimento das injeções), a possibilidade de ocorrência de gravidez é muito baixa.
/produtos/enantato-de-noretisterona-valerato-de-estradiol
nortriptilina, cloridrato de
Cloridrato de nortriptilina é indicado para alívio dos sintomas de depressão. Depressões endógenas são mais prováveis de serem aliviadas do que outros estados depressivos.
/produtos/cloridrato-de-nortriptilina
Olanzapina (comprimido)
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? A olanzapina é indicada para o tratamento agudo e de manutenção da esquizofrenia e outros transtornos mentais (psicoses) em adultos, nos quais sintomas positivos (exemplo: delírios, alucinações, alterações de pensamento, hostilidade e desconfiança) e/ou sintomas negativos (exemplo: afeto diminuído, isolamento emocional/social e pobreza de linguagem) são proeminentes. A olanzapina alivia também os sintomas afetivos secundários na esquizofrenia e os transtornos relacionados. A olanzapina é eficaz na manutenção da melhora clínica durante o tratamento contínuo nos pacientes adultos que responderam ao tratamento inicial. A olanzapina é indicada, em monoterapia ou em combinação com lítio ou valproato, para o tratamento de episódios de mania aguda ou mistos do transtorno bipolar em pacientes adultos, com ou sem sintomas psicóticos e, com ou sem ciclagem rápida. A olanzapina é indicada para prolongar o tempo entre os episódios e reduzir as taxas de recorrência dos episódios de mania, mistos ou depressivos no transtorno bipolar.
/produtos/olanzapina
olmesartana medoxomila + hidroclorotiazida
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Olmesartana medoxomila + hidroclorotiazida) é indicado para o tratamento da pressão arterial alta, ou seja, a pressão cujas medidas estejam acima de 140 mm Hg (pressão “alta” ou sistólica) ou 90 mm Hg (pressão “baixa” ou diastólica).
/produtos/olmesartana-medoxomila-hidroclorotiazida
pantoprazol (comprimido)
 PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? •Tratamento de úlcera péptica duodenal (úlcera causada pelo ácido do estômago em contato com o revestimento do início do intestino), úlcera péptica gástrica (úlcera causada pelo ácido no estômago) e das esofagites de refluxo moderadas ou graves (doença causada pela volta do conteúdo do estômago para o esôfago), em adultos e pacientes pediátricos acima de 5 anos. Para as esofagites leves recomenda-se pantoprazol sódico sesqui-hidratado 20 mg. •Tratamento da Síndrome de Zollinger-Ellison e de outras doenças causadoras de produção exagerada de ácido pelo estômago. •Para erradicação do Helicobacter pylori (bactéria responsável pela formação de úlceras), com a finalidade de redução da taxa de recorrência de úlcera gástrica ou duodenal causadas por este microrganismo. Neste caso, deve ser associado a dois antibióticos adequados (vide item 6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?).
/produtos/pantoprazol-comprimido
paracetamol + fosfato de codeína
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? O medicamento paracetamol + fosfato de codeína é indicado para o alívio de dores de grau moderado a intenso, como nas decorrentes de traumatismo (entorses, luxações, contusões, distensões, fraturas), pós-operatório, pós-extração dentária, neuralgia, lombalgia, dores de origem articular e condições similares.
/produtos/paracetamol-fosfato-de-codeina
paroxetina, cloridrato de
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? O cloridrato de paroxetina é indicado para o tratamento de ADULTOS que apresentam algumas das condições abaixo: - transtorno depressivo maior (mesmo que, anteriormente, outros antidepressivos não tenham sido eficazes); - comportamento obsessivo ou compulsivo (incontrolado); - ataques de pânico, inclusive os causados por fobia (pavor) de lugares abertos (agorafobia); - ansiedade generalizada (sensação de muita ansiedade ou nervosismo em situações rotineiras), inclusive em situações que exigem contato social; - ansiedade seguida de evento traumático (transtorno de estresse pós-traumático): acidente de carro, assalto ou desastre natural, como enchente ou terremoto. O cloridrato de paroxetina não é indicado para o tratamento de crianças e adolescentes menores de 18 anos (ver item 4. “O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?”).
/produtos/cloridrato-de-paroxetina
pitavastatina cálcica
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Este medicamento é indicado como terapia complementar à dieta, para reduzir os níveis elevados de colesterol total, “colesterol ruim” (LDL-C), apolipoproteína B, triglicérides e para aumentar os níveis de “colesterol bom” (HDL-C) em pacientes adultos com excesso de substâncias gordurosas no sangue. Este medicamento só deve ser usado quando a resposta à dieta restrita de gorduras saturadas e colesterol, e outras medidas não farmacológicas forem inadequadas.
/produtos/pitavastatina-calcica
pramipexol, dicloridrato de
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Este medicamento é indicado para tratamento dos sinais e sintomas da doença de Parkinson sem causa conhecida, podendo ser usado isoladamente (sem levodopa) ou em associação com levodopa.
/produtos/dicloridrato-de-pramipexol
prednisolona
INDICAÇÕES Este medicamento é indicado como agente anti-inflamatório e imunossupressor em patologias cujos mecanismos fisiopatológicos envolvam processos inflamatórios e/ou autoimunes; para o tratamento de condições endócrinas; e em composição de esquemas terapêuticos em algumas neoplasias: - Distúrbios Endócrinos: Insuficiência adrenocortical primária ou secundária (sendo que corticosteroides naturais como cortisona ou hidrocortisona são de primeira escolha). Análogos sintéticos podem ser utilizados em conjunto com mineralocorticoides, quando necessário (na infância a suplementação de mineralocorticoides é especialmente importante); hiperplasia adrenal congênita; tireoidite não-supurativa; hipercalcemia associada ao câncer. - Distúrbios Reumáticos: Como terapia adjuvante para administração a curto prazo (para reverter paciente em episódio agudo ou exacerbado) em: artrite psoriática, artrite reumatoide, incluindo artrite reumatoide juvenil (em casos particulares serão utilizadas terapias de manutenção de baixas doses); espondilite anquilosante; bursite aguda e subaguda; tenossinovite aguda inespecífica; artrite gotosa aguda; osteoartrite pós-traumática; sinovites osteoartríticas; epicondilites. - Colagenoses: Durante exacerbação ou como terapia de manutenção em casos particulares de lúpus eritematoso sistêmico, cardite reumática aguda. - Doenças Dermatológicas: Pênfigo; dermatite herpetiforme bolhosa; eritema multiforme grave (Síndrome de Stevens-Johnson); dermatite esfoliativa; micoses fungoides; psoríase grave; dermatite seborreica grave. - Estados Alérgicos: Controle de condições alérgicas graves ou incapacitantes refratárias aos meios adequados de tratamentos convencionais; rinite alérgica perene ou sazonal; dermatite de contato; dermatite atópica; doenças do soro; reações de hipersensibilidade a drogas. - Doenças Oftálmicas: Processos inflamatórios e alérgicos agudos e crônicos graves: envolvendo o olho e seus anexos como úlceras marginais alérgicas da córnea; herpes zoster oftálmico; inflamação do segmento anterior; coroidite e uveíte posterior difusa; oftalmia simpática; conjuntivite alérgica; ceratite; coriorretinite; neurite óptica; irites e iridociclites. - Doenças Respiratórias: Sarcoidose sintomática; Síndrome de Löefler não-tratável por outros meios; beriliose; tuberculose pulmonar fulminante ou disseminada quando usado concomitantemente à quimioterapia antituberculose apropriada; pneumonite por aspiração; asma brônquica. - Distúrbios Hematológicos: Púrpura trombocitopênica idiopática em adultos; trombocitopenia secundária em adultos; anemia hemolítica adquirida (autoimune); eritroblastopenia (anemia eritrocítica); anemia hipoplásica congênita (eritroide). - Doenças Neoplásicas: Para o tratamento paliativo de leucemia e linfomas em adultos; leucemia aguda infantil. - Estados Edematosos: Para indução de diurese ou remissão da proteinúria na síndrome nefrótica idiopática ou devida ao lúpus eritematoso, sem uremia. - Doenças Gastrintestinais: Manutenção do paciente após um período crítico da doença em colite ulcerativa e enterite regional. - Doenças Neurológicas: Exacerbações agudas da esclerose múltipla.
/produtos/prednisolona
prednisolona
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Este medicamento é indicado para o tratamento de doenças endócrinas, osteoarticulares e osteomusculares, reumáticas, do colágeno, dermatológicas, alérgicas, oftálmicas, respiratórias, hematológicas, neoplásicas, e outras, que respondam à terapia com corticosteroides.
/produtos/prednisolona-2
prednisolona
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Este medicamento é indicado como agente anti-inflamatório e imunossupressor em patologias cujos mecanismos fisiopatológicos envolvam processos inflamatórios e/ou autoimunes; para o tratamento de condições endócrinas (das glândulas); e em composição de esquemas terapêuticos em algumas neoplasias.
/produtos/prednisolona-3
pregabalina
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? A pregabalina é indicada para adultos para: tratamento da dor neuropática (dor devido à lesão e/ou mau funcionamento dos nervos e/ou do sistema nervoso) em adultos; como terapia adjunta das crises epiléticas parciais (convulsões), com ou sem generalização secundária em adultos; tratamento do Transtorno de Ansiedade Generalizada em adultos; controle de fibromialgia (doença caracterizada por dor crônica em várias partes do corpo, cansaço e alterações do sono) em adultos.
/produtos/pregabalina