Encontramos 345 resultados
Produtos
Calnate
Calnate® (poliestirenossulfonato de cálcio) está indicado no tratamento da hiperpotassemia (concentração alta e maior que normal de potássio no sangue circulante) em casos de insuficiência renal (diminuição da função dos rins).
/produtos/calnate
Carbolitium®| Carbolitium CR®
O Carbolitium®/Carbolitium CR® (carbonato de lítio) é indicado no tratamento de episódios maníacos nos transtornos afetivos bipolares; no tratamento de manutenção de indivíduos com transtorno afetivo bipolar, diminuindo a frequência dos episódios maníacos e a intensidade destes quadros; na profilaxia da mania recorrente; prevenção da fase depressiva e tratamento de hiperatividade psicomotora. Quando dado a um paciente em episódio maníaco, o Carbolitium®/ Carbolitium CR® (carbonato de lítio) pode normalizar os sintomas num período que varia de 1 a 3 semanas. No tratamento da depressão, o lítio tem sua indicação nos casos em que os pacientes não obtiveram resposta total, após uso de inibidores seletivos de recaptação de serotonina (ISRS) ou tricíclicos por 4 a 6 semanas, com doses efetivas. Nesses casos a associação com lítio potencializará a terapia em curso. Carbolitium®/ Carbolitium CR® (carbonato de lítio) é indicado como adjunto aos antidepressivos na depressão recorrente grave, como um suplemento para o tratamento antidepressivo na depressão maior aguda.
/produtos/carbolitium-comprimido300mg
carisoprodol +cafeína + diclofenaco sódico + paracetamol
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Este medicamento é indicado para o tratamento de reumatismo (conjunto de doenças que pode afetar as articulações, músculos e esqueleto, caracterizado por dor, restrição de movimento e eventual presença de sinais inflamatórios). Como exemplos mais comuns desta doença, temos: lombalgia (dor da coluna lombar), osteoartrites, crise aguda de artrite reumatoide ou outras artropatias reumáticas, crise aguda de gota (doença caracterizada pela deposição de cristais de ácido úrico junto às articulações e em outros órgãos), estados inflamatórios agudos pós-traumáticos e pós-cirúrgicos. Este medicamento é também indicado como coadjuvante em processos inflamatórios graves decorrentes de quadros infecciosos.
/produtos/carisoprodol-cafeina-diclofenaco-sodico-paracetamol
cefadroxila (cápsula dura)
A cefadroxila está indicada para o tratamento de infecções causadas por bactérias sensíveis. A eficácia da cefadroxila manifesta-se pela melhora do estado geral do paciente, incluindo a regressão da febre, dos sinais e sintomas da infecção.
/produtos/cefadroxila-capsula-dura
cefadroxila (pó para suspensão)
A cefadroxila está indicada para o tratamento de infecções causadas por bactérias sensíveis. A eficácia de cefadroxila manifesta-se pela melhora do estado geral do paciente, incluindo a regressão da febre, dos sinais e sintomas da infecção.
/produtos/cefadroxila
cefalexina monoidratada
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? A cefalexina monoidratada é indicada para o tratamento das seguintes infecções causadas por bactérias sensíveis à cefalexina: sinusites (inflamação dos seios da face), infecções do trato respiratório, otite média (inflamação do ouvido médio), infecções da pele e tecidos moles, infecções ósseas, infecções do trato geniturinário e infecções dentárias. Nota: De acordo com a história do paciente e aspectos clínicos, o médico poderá indicar a realização de testes de sensibilidade à cefalexina e culturas apropriadas do microrganismo causador.
/produtos/cefalexina-suspensaooral
ceftriaxona sódica I.M.
A ceftriaxona sódica é usada para tratar infecções causadas por microrganismos sensíveis à ceftriaxona.
/produtos/ceftriaxona-sodica-i-m
ceftriaxona sódica I.V.
Este medicamento é usado para tratar infecções causadas por microrganismos sensíveis à ceftriaxona.
/produtos/ceftriaxona-sodica-i-v
celecoxibe
Celecoxibe é indicado para o tratamento sintomático da osteoartrite (lesão crônica das articulações ou “juntas”) e artrite reumatoide [inflamação crônica das “juntas” causada por reações autoimunes (quando o sistema de defesa do corpo agride por engano a si próprio)]; alívio dos sintomas da espondilite anquilosante (doença inflamatória crônica que atinge as articulações da coluna, quadris e ombros); alívio da dor aguda, no pós-operatório de cirurgia ortopédica ou odontológica e em doenças musculoesqueléticas (como entorse do tornozelo e dor no joelho e na coxa); alívio da dismenorreia primária (cólica menstrual) e alívio da lombalgia (dor nas costas).
/produtos/celecoxibe
cetoconazol + dipropionato de betametasona
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Este medicamento é destinado ao tratamento de micoses (doenças inflamatórias da pele) que foram afetadas ou possam ser afetadas por fungos ou leveduras.
/produtos/cetoconazol-dipropionato-de-betametasona
cetoconazol + dipropionato de betametasona + sulfato de neomicina (creme)
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Este medicamento é destinado ao tratamento de micoses (doenças inflamatórias da pele) que foram afetadas ou possam ser afetadas por fungos ou leveduras.
/produtos/cetoconazol-dipropionato-de-betametasona-sulfato-de-neomicina-creme
cetoconazol + dipropionato de betametasona + sulfato de neomicina (pomada)
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Este medicamento é destinado ao tratamento de micoses (doenças inflamatórias da pele) que foram afetadas ou possam ser afetadas por fungos ou leveduras.
/produtos/cetoconazol-dipropionato-de-betametasona-sulfato-de-neomicina
cetoprofeno (comprimido)
O cetoprofeno é um medicamento anti-inflamatório, analgésico e antitérmico, sendo indicado para o tratamento de inflamações e dores decorrentes dos seguintes casos: - Processos otorrinolaringológicos: sinusites (inflamação da mucosa nasal), otites (inflamação do ouvido), faringites (inflamação da faringe), laringites (inflamação da laringe), amigdalites (inflamação da garganta); - Processos ginecológicos-obstétricos: anexites (processo inflamatório que envolve o trato genital feminino), parametrites (inflamação do paramétrio – pélvico), endometrites (inflamação do endométrio), dismenorreia (dor menstrual); - Processos urológicos: cólica nefrética (dor lombar decorrente de obstrução total ou parcial dos rins e ureteres), orquiepididimites (inflamação do testículo), prostatites (inflamação da próstata); - Processos odontológicos: periodontites (inflamação e perda dos tecidos conjuntivos que envolvem e sustentam os dentes), pulpites (inflamação da polpa dentária), abscessos (acúmulo de pus em tecidos, órgãos ou espaços circunscritos, normalmente associado com sinais de infecção), extrações dentárias; - Processos reumáticos: artrite reumatoide (inflamação crônica das articulações), espondilite anquilosante (inflamação de uma ou mais vértebras), gota (doença reumática caracterizada pelo acúmulo de cristais de ácido úrico junto a articulações e/ou em outros órgãos), condrocalcinose (depósito de sais de cálcio nas articulações), reumatismo psoriático (tipo de artrite associada a alteração da pele), síndrome de Reiter (um tipo de artrite), pseudo-artrite, lúpus eritematoso sistêmico (doença que apresenta manifestações na pele, coração, rins, articulações, entre outras), esclerodermia (doença auto-imune que pode ter várias manifestações, entre elas o endurecimento da pele), periarterite nodosa (tipo de inflamação que ocorre nas artérias), osteoartrite (doença articular degenerativa e progressiva), periartrite escápulo-umeral (inflamação de tecidos ao redor da articulação do ombro), bursites (inflamação da bursa, pequena bolsa contendo líquido que envolve as articulações), capsulite adesiva (inflamação caracterizada por perda de movimentos do ombro), sinovites (inflamação da membrana que envolve as articulações), tenossinovites (inflamação da bainha de um tendão), tendinites (inflamação dos tendões), epicondilites (doença resultante de um esforço não usual do braço); - Lesões ortopédicas: contusões e esmagamentos (lesão causada por trauma direto ou pressão), fraturas, entorses (lesão de ligamento e músculo, sem deslocamento ou fratura), luxações (deslocamento de qualquer parte do corpo, normalmente uma articulação, de sua posição normal); - Dores diversas: nevralgia cérvico-braquial (dor associada a lesão de nervos da região do pescoço a axila), cervicalgia (dor na região do pescoço), lombalgia (dor na região lombar), dor ciática (dor causada pela compressão do nervo ciático), pós-operatórios diversos, enxaqueca (dor de cabeça intensa) com ou sem aura (sintomas que precedem à enxaqueca e que variam consideravelmente entre os pacientes afetando principalmente, a visão e a audição).
/produtos/cetoprofeno-comprimido
cetoprofeno (solução oral gotas)
O cetoprofeno gotas possui atividade anti-inflamatória, analgésica e antitérmica e está indicado para o tratamento de: -Processos reumáticos: artrite reumatoide, espondilite anquilosante, gota, condrocalcinose, reumatismo psoriático, síndrome de Reiter, pseudoartrite, lúpus eritematoso sistêmico, esclerodermia, periartrite nodosa, osteoartrite, periartrite escápulo-umeral, bursites, capsulites, sinovites, tenossinovites, tendinites, epicondilites; -Lesões ortopédicas: contusões e esmagamentos, fraturas, entorses, luxações; -Alergias diversas: nevralgia cérvico-braquial, cervicalgia, lombalgia, dor ciática, pós-operatórios diversos; -Processos otorrinolaringológicos: sinusites, otites, faringites, laringites, amigdalites; -Processos ginecológicos: anexites, parametrites, endometrites, dismenorreia; -Processos urológicos: cólica nefrética, infecção urinária, prostatites; -Processos odontológicos: periodontites, pulpites, abscessos, extrações dentárias.
/produtos/cetoprofeno-solucao-oral-gotas
cetoprofeno I.V.
O cetoprofeno é um medicamento anti-inflamatório, analgésico e antitérmico, sendo indicado para o tratamento de inflamações e dores decorrentes de processos reumáticos (doenças que podem afetar músculos, articulações e esqueleto), traumatismos (lesão interna ou externa resultante de um agente externo) e de dores em geral. Desta forma, o cetoprofeno pode ser utilizado no tratamento da dor no pré e pós-operatório e outras patologias dolorosas.
/produtos/cetoprofeno-i-v
ciclobenzaprina, cloridrato de
Este medicamento é destinado ao tratamento de espasmos musculares associados com condições musculoesqueléticas aguda e dolorosas, como nas lombalgias, torcicolos, periartrite escápuloumeral, cervicobraquialgias e no tratamento da fibromialgia. Além disso, é indicado como coadjuvante de outras medidas para o alívio dos sintomas, tais como fisioterapia e repouso.
/produtos/cloridrato-de-ciclobenzaprina
Ciclorfós
Bovinos: Indicado para carrapatos, bernes e moscas.
/produtos/ciclorfos
Ciclorfós Plus
Bovinos: Indicado para carrapatos, bernes e moscas.
/produtos/ciclorfos-plus
cilostazol
Indicado para tratar problemas de circulação em que ocorre diminuição do fluxo de sangue para as artérias periféricas do corpo, condição denominada doença vascular periférica, cujo sintoma principal é a claudicação intermitente e para a prevenção da recorrência de acidente vascular cerebral (AVC).
/produtos/cilostazol
CIMAher®
CIMAher® (nimotuzumabe) como monoterapia está indicado para o tratamento de astrocitomas de alto grau recorrentes e/ou refratários ao tratamento cirúrgico, radioterápico e quimioterápico em crianças.
/produtos/cimaher-2
Ciperallvet
Bovinos: Indicado para carrapatos, bernes , moscas e miíase.
/produtos/ciperallvet
Cipermetrina Clorpirifós
bovinos: sarnas, piolhos, carrapatos e moscas
/produtos/cipermetrina-clorpirifos
ciprofibrato
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? O ciprofibrato é indicado como adjunto à dieta e outros tratamentos não farmacológicos (por exemplo, exercício, redução de peso) nos seguintes casos: - tratamento de hipertrigliceridemia severa isolada (elevação de gordura no sangue). - hiperlipidemia mista (aumento de colesterol no sangue) quando a estatina ou outro tratamento eficaz são contraindicados ou não são tolerados.
/produtos/ciprofibrato
ciprofloxacino, cloridrato de
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? As indicações do cloridrato de ciprofloxacino são as seguintes: Adultos Para o tratamento de infecções complicadas e não complicadas causadas por microrganismos sensíveis ao ciprofloxacino: - do trato respiratório. Muitos dos microrganismos, p. ex. Klebsiella, Enterobacter, Proteus, E. coli, Pseudomonas, Haemophilus, Moraxella, Legionella e Staphylococcus reagem com muita sensibilidade ao cloridrato de ciprofloxacino. A maioria dos casos de pneumonia que não necessitam de tratamento hospitalar é causada por Streptococcus pneumoniae. Nesses casos, o cloridrato de ciprofloxacino não é o medicamento de primeira escolha; - do ouvido médio (otite média) e dos seios paranasais (sinusite), especialmente se causadas por Pseudomonas ou Staphylococcus; - dos olhos; - dos rins e/ou do trato urinário eferente; - dos órgãos reprodutores, inclusive inflamação dos ovários e das tubas uterinas (anexite), gonorreia e infecções da próstata (prostatite); - da cavidade abdominal, p. ex. do estômago e intestino (trato gastrintestinal), do trato biliar e da membrana serosa que reveste internamente as paredes do abdome (peritônio); - da pele e de tecidos moles; - dos ossos e articulações. Infecção generalizada (septicemia). Infecções ou risco de infecção (profilaxia) em pacientes com sistema imunológico comprometido, por exemplo, pacientes em tratamento com medicamentos que inibem as defesas imunológicas naturais do organismo ou pacientes com número reduzido de glóbulos brancos do sangue. Eliminação seletiva de bactérias do intestino durante tratamento com medicamentos que inibem o sistema imunológico do organismo. Descontaminação intestinal seletiva em pacientes sob tratamento com imunossupressores. O cloridrato de ciprofloxacino não é eficaz contra Treponema pallidum (causador da sífilis). Crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos Para infecção aguda na fibrose cística (distúrbio hereditário que aumenta a produção e a viscosidade das secreções nos brônquios e no trato digestivo) causada por Pseudomonas aeruginosa se não houver possibilidade de outros tratamentos injetáveis mais eficazes. Não se recomenda cloridrato de ciprofloxacino para outras indicações.
/produtos/cloridrato-de-ciprofloxacino
citalopram
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO FOI INDICADO? Este medicamento é usado para tratar a depressão, e após a melhora, para prevenir a recorrência desses sintomas. Bromidrato de citalopram é usado em tratamentos de longo prazo para prevenir a recorrência de novos episódios depressivos em pacientes que tem depressão recorrente. Este medicamento é eficaz também para o tratamento de pacientes com transtorno do pânico e para o tratamento do transtorno obsessivo compulsivo (TOC). Entretanto, seu médico pode prescrever bromidrato de citalopram para outros propósitos. Pergunte ao seu médico se você tiver dúvidas sobre porque bromidrato de citalopram lhe foi prescrito. ESTE MEDICAMENTO NÃO DEVE SER UTILIZADO POR MULHERES GRÁVIDAS SEM ORIENTAÇÃO MÉDICA OU DO CIRURGIÃO-DENTISTA.
/produtos/citalopram
clonazepam
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Adulto e pediátrico Distúrbio epiléptico O clonazepam é indicado para tratar crises epilépticas e espasmos infantis (Síndrome de West). Adulto O clonazepam também é indicado para: Transtornos de ansiedade • Como ansiolítico em geral. • Distúrbio do pânico com ou sem medo de espaços abertos. • Fobia social (medo de situações como falar em público). Transtornos do humor • Transtorno afetivo bipolar (fases de depressão e mania): tratamento da mania. • Depressão maior: associado a antidepressivos na depressão ansiosa e início do tratamento. Síndromes psicóticas • Acatisia (inquietação extrema, geralmente provocada por medicamentos psiquiátricos). Síndrome das pernas inquietas (desconforto ou dor nas pernas que leva a necessidade de movimentá-las, prejudicando o sono). Vertigem e distúrbios do equilíbrio: náuseas, vômitos, desmaios, quedas, zumbidos e distúrbios auditivos. Síndrome da boca ardente (sensação de queimação na parte interna da boca, sem alterações físicas).
/produtos/clonazepam
clopidogrel, bissulfato de
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Bissulfato de clopidogrel é indicado para a prevenção secundária (após a ocorrência) dos eventos aterotrombóticos, como por exemplo, infarto agudo do miocárdio (IM) (infarto do coração), acidente vascular cerebral (AVC) (derrame) e morte vascular em pacientes adultos que apresentaram IM ou AVC recente ou uma condição conhecida como doença arterial periférica (doença nos vasos sanguíneos dos membros). Síndrome Coronária Aguda: nos pacientes com Síndrome Coronária Aguda (SCA) [angina instável (tipo severo de dor no peito) ou IM], incluindo tanto aqueles controlados clinicamente, quanto os submetidos à Intervenção Coronária Percutânea com ou sem colocação de stent (prótese nas artérias do coração).
/produtos/bissulfato-de-clopidogrel
cloridrato de moxifloxacino
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Este medicamento é indicado para o tratamento de adultos (com idade igual ou acima de 18 anos) com: • infecções das vias respiratórias superiores e inferiores; - exacerbações (pioras) agudas de bronquite crônica; - pneumonia adquirida na comunidade (PAC) incluindo PAC causada por bactérias resistentes a alguns antibióticos*; - sinusite aguda; • infecções não complicadas de pele e tecidos moles (camadas mais superficiais da pele); • doença inflamatória pélvica não complicada (isto é, doenças do trato genital superior feminino, inclusive infecção das trompas e do endométrio, que é a camada que reveste o interior do útero); • infecções complicadas de pele e anexos (incluindo infecções do pé diabético); • infecções intra-abdominais complicadas, incluindo infecções causadas por várias bactérias, como abscessos. * Streptococcus pneumoniae multirresistentes, incluindo isolados conhecidos como S. pneumoniae resistente a penicilina e cepas resistentes a dois ou mais dos seguintes antibióticos: penicilina (CIM ≥ 2 μg/mL), cefalosporinas de 2ª geração (por exemplo, cefuroxima), macrolídeos, tetraciclinas e trimetoprima/sulfametoxazol. Devem-se considerar as recomendações relacionadas ao uso apropriado de agentes antibióticos.
/produtos/moxifloxacino-cloridrato-de
clormadinona + acetato de etinilestradiol
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? O acetato de clormadinona + etinilestradiol é indicado como anticoncepcional e para o tratamento da acne papulopustular moderada estritamente limitado à mulheres que desejam a contracepção e para as quais o uso seguro do medicamento para contracepção foi cuidadosamente avaliado.
/produtos/acetato-de-clormadinona-etinilestradiol
Cogmax®
COGMAX é formulação exclusiva à base de Minerab e Vitaminas desenvolvida para atuar na manutenção da saúde. 0 mlx excbsiw de minerais aminoácíos welatados de COGMAX, aliado a um conjunto de vitaminas atuam em Sinergia para um máximo aproveitamento do organismo.
/produtos/cogmax
Coques
Coques (celecoxibe) é indicado para o tratamento sintomático da osteoartrite (lesão crônica das articulações ou “juntas”) e artrite reumatoide [inflamação crônica das “juntas” causada por reações autoimunes (quando o sistema de defesa do corpo agride por engano a si próprio)]; alívio dos sintomas da espondilite anquilosante (doença inflamatória crônica que atinge as articulações da coluna, quadris e ombros); alívio da dor aguda, no pós-operatório de cirurgia ortopédica ou odontológica e em doenças musculoesqueléticas (como entorse do tornozelo e dor no joelho e na coxa); alívio da dismenorreia primária (cólica menstrual) e alívio da lombalgia (dor nas costas).
/produtos/coques
CORRETAL®
Este medicamento é indicado para: Câncer de mama • Corretal (capecitabina) em combinação com docetaxel é indicado para o tratamento de pacientes com câncer de mama metastático, após falha da quimioterapia citotóxica com antraciclina. • Corretal (capecitabina) em monoterapia é indicado para o tratamento de pacientes com câncer de mama metastático resistente a regimes de quimioterapia com paclitaxel e antraciclina ou resistente a paclitaxel para pacientes em que a terapia adicional com antraciclina não seria indicada, como pacientes que receberam doses cumulativas de 400 mg/m2 de doxorrubicina ou equivalente. Define-se resistência como progressão da doença na vigência do tratamento, com ou sem resposta inicial, ou recorrência em até 6 meses do término do tratamento adjuvante com antraciclina ou regimes que contenham antraciclina. Câncer colorretal • Corretal (capecitabina) é indicado para o tratamento adjuvante de pacientes com câncer colorretal Dukes C (estágio III), submetidos à ressecção completa do tumor primário, nos casos em que haja preferência para terapia com fluoropirimidinas. A capecitabina demonstrou não inferioridade ao 5-FU/LV (5- fluoruracila mais ácido folínico) no que se refere à sobrevida livre de doença. Embora nem a capecitabina nem a quimioterapia combinada prolonguem a sobrevida global, a quimioterapia combinada tem demonstrado uma melhor sobrevida livre de doença, se comparada ao 5-FU/LV. O médico deve considerar esses resultados ao prescrever Corretal (capecitabina) em monoterapia no tratamento adjuvante do câncer colorretal Dukes C. • Corretal (capecitabina) é indicado como tratamento de primeira linha de pacientes com câncer colorretal metastático, nos casos em que haja preferência para terapia com fluoropirimidinas. A quimioterapia combinada tem demonstrado benefício na sobrevida se comparado à monoterapia com 5-FU/LV. A comparação entre capecitabina em combinação com oxaliplatina e 5-FU/LV em combinação com oxaliplatina para assegurar segurança ou a manutenção da vantagem de sobrevida não foi adequadamente estudada. Corretal (capecitabina) combinado com oxaliplatina ou combinado com oxaliplatina e bevacizumabe é indicado para tratamento de primeira linha de câncer colorretal metastático. Corretal (capecitabina) também pode ser combinado com oxaliplatina para o tratamento de segunda linha do câncer colorretal metastático em pacientes previamente tratados com irinotecano em combinação com um regime de fluoropirimidina como terapia de primeira linha. Câncer gástrico • Corretal (capecitabina) é indicado como tratamento de primeira linha para pacientes com câncer gástrico em estágio avançado, desde que associada com compostos de platina, como a cisplatina ou oxaliplatina.
/produtos/corretal