Azox (comprimido)
Azox (comprimido)
Indicação
Azox (nitazoxanida) é indicado para tratamento das seguintes infecções: Gastroenterites virais provocadas por rotavírus e norovírus; Helmintíases provocadas por nematódeos, cestódeos e trematódeos, como: Enterobius vermicularis, Ascaris lumbricoides, Strongyloides stercolaris, Ancylostoma duodenale, Necator americanus, Trichuris trichiura, Taenia sp e Hymenolepis nana; Amebíase, para tratamento da diarreia por amebíase intestinal aguda ou disenteria amebiana causada pelo complexo Entamoeba histolytica/díspar; Giardíase, para tratamento da diarreia causada por Giardia lamblia ou Giardia intestinalis; Criptosporidíase, para tratamento da diarreia causada por Cryptosporidium parvum; Blastocistose, balantidíase e isosporíase, causadas, respectivamente, por Blastocistis hominis, Balantidium coli e Isospora belli.
Princípio ativo
nitazoxanida
Concentração
500 mg
Apresentação
Comprimido revestido de 500 mg: embalagens com 6 comprimidos.
Informações Práticas
Prescrição médica
Sob Prescrição Médica
Comprimido Revestido
Antiparasitários
Azox (comprimido)
Indicação
Azox (nitazoxanida) é indicado para tratamento das seguintes infecções: Gastroenterites virais provocadas por rotavírus e norovírus; Helmintíases provocadas por nematódeos, cestódeos e trematódeos, como: Enterobius vermicularis, Ascaris lumbricoides, Strongyloides stercolaris, Ancylostoma duodenale, Necator americanus, Trichuris trichiura, Taenia sp e Hymenolepis nana; Amebíase, para tratamento da diarreia por amebíase intestinal aguda ou disenteria amebiana causada pelo complexo Entamoeba histolytica/díspar; Giardíase, para tratamento da diarreia causada por Giardia lamblia ou Giardia intestinalis; Criptosporidíase, para tratamento da diarreia causada por Cryptosporidium parvum; Blastocistose, balantidíase e isosporíase, causadas, respectivamente, por Blastocistis hominis, Balantidium coli e Isospora belli.
Baixar a bula
Contra-indicação
Você não deve utilizar Azox (nitazoxanida) na presença das seguintes condições: diabetes, doenças hepáticas (no fígado) ou doença renal; hipersensibilidade (alergia) a qualquer um dos componentes da fórmula.