doxorrubicina, cloridrato de
doxorrubicina, cloridrato de
Indicação
O cloridrato de doxorrubicina pó liofilizado injetável é indicado no tratamento das neoplasias a seguir: • carcinoma da mama, pulmão, bexiga, tireoide e também carcinoma ovariano; • sarcomas ósseos e dos tecidos moles; • linfomas de Hodgkin e não-Hodgkin; • neuroblastoma; • tumor de Wilms; • leucemia linfoblástica aguda e leucemia mieloblástica aguda. O cloridrato de doxorrubicina tem proporcionado resultados positivos nos tumores superficiais da bexiga por administração intravesical após ressecção transuretral. Outros tumores sólidos têm respondido também, mas o estudo destes até o presente momento é muito limitado para justificar indicações específicas.
Princípio ativo
cloridrato de doxorrubicina
Concentração
50 mg
Apresentação
Pó liofilizado para solução injetável 50 mg: embalagens com 10 frascos-ampola.
Informações Práticas
Sob Prescrição Médica
Oncologia
Pó Liofilizado para Solução Injetável
Antibióticos antineoplásicos
Antracíclico
Indicação
O cloridrato de doxorrubicina pó liofilizado injetável é indicado no tratamento das neoplasias a seguir: • carcinoma da mama, pulmão, bexiga, tireoide e também carcinoma ovariano; • sarcomas ósseos e dos tecidos moles; • linfomas de Hodgkin e não-Hodgkin; • neuroblastoma; • tumor de Wilms; • leucemia linfoblástica aguda e leucemia mieloblástica aguda. O cloridrato de doxorrubicina tem proporcionado resultados positivos nos tumores superficiais da bexiga por administração intravesical após ressecção transuretral. Outros tumores sólidos têm respondido também, mas o estudo destes até o presente momento é muito limitado para justificar indicações específicas.
Baixar a bula
Contra-indicação
Cloridrato de doxorrubicina é contraindicado a pacientes com hipersensibilidade à doxorrubicina, outras antraciclinas, antracenedionas ou a qualquer componente da fórmula. As contraindicações para uso intravenoso (IV) são: • Mielossupressão persistente; • Insuficiência hepática grave; • Insuficiência miocárdica grave; • Infarto do miocárdio recente; • arritmias graves; • tratamento prévio com doses máximas cumulativas de doxorrubicina, daunorrubicina, epirrubicina, idarrubicina e/ou outras antraciclinas ou antracenedionas (vide item 5. ADVERTÊNCIAS E PRECAUÇÕES). As contraindicações para uso intravesical são: • Infecções urinárias; • Inflamação da bexiga; • Hematúria. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.