Genéricos
doxazosina, mesilato de
Acessar a bula
Publicado em: 22 de setembro de 2016  e atualizado em: 21 de junho de 2024
doxazosina, mesilato de
Imagem meramente ilustrativa.
Indicação
Hiperplasia prostática benigna - HPB (aumento benigno da próstata) Mesilato de doxazosina é indicado para o tratamento dos sintomas da hiperplasia prostática benigna - HPB - (doença caracterizada pelo aumento benigno da próstata), assim como para o tratamento da redução do fluxo urinário associada à HPB. Mesilato de doxazosina pode ser administrado em pacientes com HPB que sejam hipertensos (sofram de pressão alta) ou normotensos (tenham pressão normal). Não são observadas alterações clinicamente significativas na pressão sanguínea de pacientes normotensos com HPB. Pacientes com HPB e hipertensão apresentam ambas as condições tratadas efetivamente com mesilato de doxazosina como monoterapia (um único remédio tratando as duas doenças). Hipertensão (pressão alta):Mesilato de doxazosina é indicado para o tratamento da hipertensão e pode ser utilizado como agente inicial para o controle da pressão sanguínea na maioria dos pacientes. Em pacientes sem controle adequado com um único agente anti-hipertensivo, mesilato de doxazosina pode ser administrado em associação a outros medicamentos para pressão alta, tais como diuréticos tiazídicos, betabloqueadores antagonistas de cálcio ou agentes inibidores da enzima conversora de angiotensina. Seu médico prescreverá a melhor opção de tratamento para o seu caso.
Princípio Ativo
mesilato de doxazosina
Concentração
2 mg e 4 mg
Apresentação
Comprimidos de 2 mg e 4 mg: embalagem com 30 comprimidos
Contra-indicação
Não utilize mesilato de doxazosina se você: Tem alergia à doxazosina, outros tipos de quinazolinas (como: prazosina ou terazosina) ou a qualquer outro componente deste medicamento; • Está amamentando; • Tem próstata aumentada (hiperplasia prostática benigna) e pressão baixa; • Apresenta história de uma condição conhecida como “hipotensão ortostática”, forma de pressão baixa que faz você se sentir tonto ou atordoado quando se levanta; • Tem próstata aumentada juntamente com uma das seguintes condições: qualquer tipo de congestão ou bloqueio do trato urinário, infecção crônica do trato urinário ou pedras na bexiga; • Tiver incontinência urinária por transbordamento (ausência de vontade de urinar) ou anúria (organismo não produz urina) com ou sem problemas renais.
Informações práticas
Comprimido
Anti-hipertensivos
Venda sob prescrição médica
Genéricos